Início
Domingo, 26 Maio 2019
José Ribeiro, um jovem feliz PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 09 Março 2012 12:04

120309_jose_ribeiroO Sporting dá, mais uma vez, o exemplo de defender valores de grande elevação, como é o caso da inclusão de José Ribeiro, com deficiência intelectual e síndroma de Kabuki, no mercado de trabalho. O jovem «leão» é, actualmente, aprendiz de técnico de equipamentos na secção de futsal.


ENTREVISTA PUBLICADA NA EDIÇÃO DO JORNAL ‘SPORTING’

 

A história de José Ribeiro é de várias lutas. É especial. Aos oito anos, a mãe, Maria das Dores, uma corajosa e dedicada mãe, aconselhada pelo médico que acompanhava a situação do seu filho, trouxe José Ribeiro, com deficiência intelectual e síndroma de Kabubi, ao Sporting, para este praticar ginástica. Foi aqui que «Carneirinho» ou «Barnabé», como é conhecido pelos amigos, deu os primeiros passos no seu desenvolvimento. Seguiu-se a natação, ainda no Estádio antigo, e José Ribeiro deu mostras de uma boa evolução.

Hoje, José Ribeiro é mais do que isso. É um atleta com títulos ganhos na natação adaptada e ainda pertence às classes de ginástica Reencontros, Dança Popular Portuguesa e Manutenção.

José Ribeiro é um sportinguista de alma e coração, mas necessitava de, aos 22 anos, fazer mais do que desporto. A escola não foi um sucesso, como raramente é nestes casos, mas, aos fins-de-semana, o «leão» tem aulas específicas de desenvolvimento da memória, nomeadamente de português e matemática, para ter uma vida o mais independente possível.

Ser autónomo é algo que os pais querem e que, para estes filhos, é deveras importante. Assim, estava na altura de dar o passo seguinte. José Ribeiro, agora adulto, procurava ocupar o seu tempo aprendendo uma profissão. Foi assim que os seus professores de ginásticas se lembraram de recorrer à secção de futsal do Sporting para que este pudesse aprender com Lúcio Castro a tornar-se técnico de equipamentos do Clube do «leão».

Miguel Albuquerque ouviu a proposta e, de imediato, fez desenrolar todo o processo. Assim, o sonho de José Ribeiro tornou-se realidade. O «leão» encontrou no futsal uma nova família e em Lúcio Castro um professor extraordinário, sempre pronto para ajudar quem precise e, neste caso, um jovem que o Clube viu crescer.

José Ribeiro tem um novo ofício. Há dois meses que trabalha como aprendiz de técnico de equipamentos, algo que aprecia e que quer fazer para “o resto da vida”, disse. Mas, foi mais longe: “Estou a ser muito bem tratado. Os jogadores, os treinadores, toda a gente é minha amiga. Estou a adorar. De tal forma que, à noite, fico sempre ansioso para que as horas passem para vir trabalhar de manhã”. E, de manhã, lá vem José Ribeiro com o seu melhor sorriso, rumo ao Estádio José Alvalade. Não há dia que não brilhe para este jovem que encontrou no Sporting uma forma de vida, uma vida feliz!

 

José Ribeiro: "Estou tão feliz!"


No futsal, todos tratam José Ribeiro como sendo da família. E até já tem uma alcunha: “Michael Phelps”, pelo seu bom desempenho na natação.

José Ribeiro disse, aliás, que foi “muito bem recebido. Quando me deram a notícia de que vinha trabalhar para a rouparia do futsal, nem queria acreditar. Fiquei logo com vontade de vir ajudar e, em dois meses, adaptei-me muito bem. Tento cumprir com tudo o que me é pedido e até sou minucioso e aplicado. Adoro o que faço: arrumar a roupa nos cestos, ir à lavandaria, arrumar as bolas, enfim, estou tão feliz!. Isto é um sonho realizado”.

José Ribeiro também falou dos seus novos amigos: “Os jogadores do futsal são espectaculares. Estão sempre a brincar comigo. O Benedito e o Deo são os que se metem mais comigo, e eu divirto-me muito com eles. Estou mesmo contente por ter tido esta oportunidade. Vou agarrá-la e tentar fazer disto a minha profissão”.

 

Lúcio Castro: "Quero ajudá-lo a integrar-se no mercado profissional"


Lúcio Castro, o técnico de equipamentos do futsal «leonino», está muito contente por ter José Ribeiro a aprender esta profissão. Lúcio Castro está, aliás, muito empenhado numa boa integração do jovem no mercado profissional. Quer ensinar-lhe tudo, quer ajudá-lo a estar melhor preparado para o futuro. Nada mais se esperava de alguém que sempre serviu o Sporting com tanta dignidade e profissionalismo.

“Quando me deram a notícia de que o José Ribeiro vinha aprender esta profissão comigo, fiquei muito contente. Quis logo ajudá-lo a integrar-se no seu novo e primeiro ofício, e a verdade é que ele é um rapaz especial. Aprende com rapidez, é muito aplicado, responsável e um rapaz de bons valores. Todos nós gostamos muito dele. Os jogadores brincam muito com ele, acarinham-no e isso é muito bom para que ele se sinta em casa”, disse Lúcio Castro, acrescentando que “ele já é um grande apoio para mim. Ajuda-me imenso”.

O técnico de equipamentos considerou também que se sente “orgulhoso” por se terem lembrado dele “para ajudar o Zé. É muito gratificante saber que contam comigo. Fico muito feliz por pertencer a uma Instituição que dá este tipo de oportunidades a jovem com deficiência. Isto é muito benéfico para eles, que precisam de ser ajudados a estar integrados na sociedade. Não os podemos abandonar e discriminar, muito pelo contrário, é nossa obrigação ajudar este jovens a terem um melhor futuro”.

 

Miguel Albuquerque: "José Ribeiro é um miúdo fantástico"


Miguel Albuquerque, director desportivo do futsal «leonino», explicou que o José Ribeiro integrou a secção “através dos professores Luís Duarte e Olga Alves que me propuseram a colaboração dele, com a intenção de que ocupasse os tempo livres e, ao mesmo tempo, para que pudéssemos contribuir para o enquadramento social dele, tendo em conta o mercado de trabalho”.

O director aceitou a proposta e adiantou que “o José Ribeiro agora colabora com Lúcio Castro na rouparia do futsal. Chegou há dois meses e adaptou-se muito bem. É um miúdo fantástico. Todos nós gostamos muito dele”.

A terminar, Miguel Albuquerque lembrou que “esta é a outra face do nosso trabalho. Temos um bom sentido social, por isso, é com muito orgulho que levamos a cabo este tipo de iniciativas, proporcionando a jovens com dificuldades uma vida activa e estimulante. O Sporting é um Clube que se preocupa com este tipo de valores, o que é muito gratificante”.

 

In sporting.pt


Ítems Relacionados:

 

Escolher Campeonato

header_wikisporting