Início
Quarta, 24 Abril 2019
header_wikisporting
 

Atlético de Bilbau - 1 x Sporting - 1 de 1948/1949 Particular (10-12-1948)
Empate a uma bola com muitos protestos dos jogadores do Sporting no golo do bascos que igualou a partida.
Date: 2016-05-14 21:30:48 - Added by: admin
Views: 1494 - Votes: 0 - Rating: 0
 
At. Madrid (Aviacion) - 3 x Sporting - 1 de 1944/1945 Particular (12-10-1944)
Golo: Peyroteo (Sporting)
Date: 2016-05-14 21:27:04 - Added by: admin
Views: 1439 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Baltasar - Sporting CP
Vítor Manuel de Jesus Gonçalves (Baltasar) nasceu a 13 de Maio de 1948 na Trafaria - Portugal. Posição: Médio e Defesa esquerdo. Médio polivalente conhecido por Baltasar, começou a jogar futebol em 1963 nos juvenis dos Pescadores da Costa da Caparica, em cuja equipa principal se estreou com 16 anos. Despertou então o interesse dos clubes das redondezas, transferindo-se para o Seixal que na altura tinha subido à 2ª Divisão, e foi lá que se começou a afirmar como defesa central, até ser contratado pelo Atlético. Em Alcântara passou a jogar como lateral esquerdo, e viveu a alegria de uma subida à 1ª Divisão, e a tristeza da descida dois anos depois, situação que seria atenuada no final dessa época, pela sua transferência para o clube do seu coração, o Sporting. Chegou a Alvalade já com 25 anos e alguma experiência, impondo-se naturalmente pelo seu enorme carácter e grande entrega ao jogo, sendo pau para toda a obra numa equipa que conquistou a "dobradinha" na época de 1973/74. Embora actuasse preferencialmente no meio-campo, ou no lado esquerdo da defesa, era acima de tudo um jogador de equipa e um lutador incansável. Foram estas características e o seu grande profissionalismo que em 1976 lhe valeram um Prémio Stromp na categoria Atleta Profissional, e a sua única internacionalização, ocorrida no Funchal no dia 30 Março de 1977 e logo como titular, num jogo amigável em que Portugal ganhou por 1-0 à Suíça. Já tinha 31 anos de idade quando abandonou o Sporting, após seis épocas ao serviço do Clube, nas quais disputou 140 jogos oficiais pela equipa principal, marcando 12 golos, seguindo então para o Belenenses, onde ainda jogou mais três temporadas na 1ª Divisão. Já na fase final da sua longa carreira, participou na histórica subida do Vizela à divisão principal do futebol português, pendurando as botas quando tinha 38 anos de idade, com mais uma subida de divisão, agora no Lixa. Posteriormente tornou-se treinador nas divisões secundárias do futebol português, tendo conseguido uma subida à 2ª Divisão com o Sport Clube Lusitânia de Angra do Heroísmo. Texto: http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Baltasar Edição de Vídeo: http://www.sporting.footballhome.net Música: MachinimaSound.com, "Rallying The Defense" e "Urban Evasion" by Aaron Spencer, licensed under Creative Commons Attribution Non-Commercial No-Derivatives 4.0 International. Imagem: RTP (Rádio Televisão Portuguesa) e ina.fr (Institut national de l’audiovisuel).
Date: 2016-05-09 21:08:43 - Added by: admin
Views: 1855 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Atletismo :: Sporting em 2º na Taça dos Campeões Europeus de Corta Mato em 1980
O Sporting não conseguiu renovar o título de Campeão Europeu de Crosse, quedando-se no 2º lugar com mais 3 pontos do que os belgas do Liège, liderados por Leon Schots que foi o vencedor da corrida, à frente de Fernando Mamede que ficou na 2ª posição. Carlos Lopes regressado de paragem devido a lesão não consegui terminar por não se encontrar ainda em condições. Teria bastado que Lopes tivesse terminado num dos primeiros 8 lugares, para que o Sporting fosse novamente Campeão Europeu.
Date: 2016-05-07 14:18:40 - Added by: admin
Views: 1472 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Carlos Silva (Andebol) - Sporting CP
Carlos Manuel Duarte da Silva nasceu a 15 de Maio de 1951 em Lisboa. Posição: Guarda-redes. Carlos Silva é considerado um dos maiores guarda-redes do Andebol nacional. A sua ligação ao Sporting Clube de Portugal é de longa duração já que a antiga sede da Rua do Passadiço ficava próxima da sua residência e desde cedo a frequentou na companhia dos seus pais, até ingressar na ginástica leonina com apenas 3 anos de idade. Foi na condição de praticante de ginástica que participou na inauguração do Estádio José Alvalade, onde teve a oportunidade de ser fotografado ao colo do guardião leonino Carlos Gomes. Tentou ingressar nos juvenis do andebol leonino, mas os dirigentes da altura indicaram que aquele escalão estaria reservado para familiares de dirigentes do clube. Não desiste de praticar a modalidade e ingressa no popular Encarnação. Passado um ano, recebe um convite para ingressar no Sporting, mas o seu pai não autoriza a transferência face ao tratamento dado no ano anterior. Acabaria por ingressar no Sporting Clube de Portugal na época 1969/70, para o escalão de juniores, para na época seguinte (1970/71) integrar pela primeira vez o escalão senior. Nos primeiros tempos de Leão ao peito, a baliza era disputada com atletas como José Anaia, Victor Góis e com o ecléctico Bessone Basto, participando em 3 conquistas na série do famoso "pentacampeonato". Com a retirada de Bessone Basto, Carlos Silva assumiu-se como seu sucessor na baliza leonina e lançou-se para uma carreira de sucesso. Apesar da sua envergadura física deixar algumas dúvidas, o guardião apresentava diversos recursos técnicos e excelentes reflexos no seu posto que lhe permitiram uma das mais longas carreiras no Andebol português, entre 1967 e 1992. Em entrevista ao Jornal Record, assumiu que desde jovem se habituou a jogar sempre à baliza. Representou a Selecção Nacional "A" em 96 ocasiões e fez parte da equipa que conquistou o Campeonato Mundial "C", disputado em Lisboa em 1976. Na época de 1976/77, representou o rival do Sporting devido a divergências com a secção do Andebol leonino, que angariavam funções profissionais em bancos e empresas para diversos atletas e Carlos nunca era "contemplado". Inicialmente, pretendia ingressar no Encarnação ou Campo de Ourique, mas em ano de Mundial realizado em Lisboa, os directores da Federação pressionaram Carlos Silva a rumar ao SL Benfica. No entanto, ao serviço do SL Benfica, Carlos Silva recusou-se a ostentar o emblema dos encarnados. Na época seguinte, representa o então campeão nacional, Belenenses, a convite dos seus amigos Luís Hernâni e José Manuel Reinaldo. Depois de duas épocas nos clubes lisboetas, regressaria a Alvalade em 1978, onde permanece por 12 épocas, conquistando mais 3 campeonatos logo nas primeiras épocas deste regresso. Acabaria por alcançar o estatuto capitão de equipa após a saída de Manuel Brito para o GD TAP, em 1984, capitaniando a equipa na conquista de um título nacional e duas Taças de Portugal. Em 1983 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Atleta de Alta Competição. Em 1990, o seleccionador nacional Mircea Costache convida-o para técnico-adjunto, com a responsabilidade de treino de guarda-redes, porém este convite acabaria vetado por parte de quem dirigia os rumos da Federação. Em 1990/91 realiza a sua última época ao serviço do Sporting, clube pelo qual conquistou 8 Campeonatos Nacionais e 6 Taças de Portugal. Antes de terminar a carreira, representa ainda o GD TAP. A sua ligação ao Andebol manteve-se ao formar dupla com o seu amigo Luís Hernâni. Em 1994/95, lideram a equipa do Almada ao título no Nacional da II Divisão para, na época seguinte, assumirem a liderança técnica no Sporting, dedicando-se principalmente à componente de guarda-redes, apoiando Carlos Ferreira em diversos momentos de recuperação de intervenções cirúrgicas. Permanece enquanto técnico-adjunto até 1997/98, quando Manuel Brito voltou ao papel de treinador principal. Teria ainda mais uma passagem pelo andebol nacional em 2002, adjuvando José Luís Ferreira no comando técnico do Olivais e Moscavide, após a saída de Ângelo Pintado. Entrevistado pelo Jornal Sporting em 2005, explica que para si, o Sporting representava um "Amor de Perdição", que nascera sportinguista e que assim haveria de falecer. Carlos Silva jogou 19 épocas na equipa principal do andebol leonino, tendo conquistado 8 Campeonatos Nacionais e 7 Taças de Portugal. Texto: http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Carlos_Silva Edição de Vídeo: http://www.sporting.footballhome.net Música: "Weightless" e "Flight Hymn" de Ros Bugden (Free Music) Imagem: RTP (Rádio Televisão Portuguesa)
Date: 2016-05-02 20:44:08 - Added by: admin
Views: 2095 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Freire - Sporting CP
Carlos Manuel da Silva Freire, nasceu a 18 de Abril de 1959 em Sintra - Portugal. Posição: Avançado. Freire começou a jogar nos iniciados do MTBA, mas um ano depois já estava no Sporting onde foi Campeão Nacional de Juvenis, tornando-se internacional nas várias selecções jovens de Portugal. Foi lançado na equipa principal dos Leões pelo técnico inglês Jimmy Hagan quando ainda era júnior, e logo como titular no célebre "derby" do ManOOOel, em que o Sporting ganhou por 3-0 ao Benfica, em jogo a contar para a Taça, onde Freire realizou uma excelente exibição e o avançado brasileiro marcou os três golos. Freire era então apontado como uma grande promessa do futebol português, sendo um avançado muito rápido e com boa técnica, que gostava de jogar descaído para as pontas, e que se tornava muito perigoso quando tinha espaço. Jogou no Sporting nas seis temporadas que se seguiram, sendo regularmente utilizado, mas nunca conseguindo afirmar-se como titular indiscutível, principalmente devido à forte concorrência dos magníficos avançados que o Sporting teve nessa altura. Mesmo assim fez 146 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Clube, nos quais marcou 16 golos, contribuindo para a conquista de dois Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e uma Supertaça. Fez o seu único jogo pela Selecção A no dia 28 de Outubro de 1981, quando Portugal perdeu por 4-1 em Israel, formando um trio de ataque leonino, com os seus companheiros de equipa Jordão e Manuel Fernandes. Concluída a sua ligação ao Sporting foi para o Vitória de Setúbal, e posteriormente para o Portimonense, antes de ter uma experiência em Espanha ao serviço do Celta de Vigo, que ajudou a subir à 1ª Divisão. Um ano depois regressou a Portugal, e ainda jogou no Estoril e no Beira Mar, onde concluiu a sua carreira de futebolista profissional com 32 anos de idade. Mais tarde chegou a ser treinador do Sintrense, mas sem grande sucesso, pelo que acabou por se dedicar ao negócio da família, um posto de combustíveis. Texto: http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Freire Edição de Vídeo: http://www.sporting.footballhome.net Música: MachinimaSound, "Quiet Conclusion" e "End Game" by Per Kiilstofte, Licensed under Creative Commons Attribution 4.0 International Imagem: RTP (Rádio Televisão Portuguesa), BBC (British Broadcasting Corporation) e RTVE (Radiotelevisión Española).
Date: 2016-04-15 19:20:53 - Added by: admin
Views: 1952 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Sporting - 2 Auxerre - 0 de 1984/1985
Golos: Manuel Fernandes e Jaime Pacheco (Sporting)
Date: 2016-04-12 20:39:49 - Added by: admin
Views: 1615 - Votes: 1 - Rating: 5
 
João Lourenço - Sporting CP
João Matos Moura Lourenço, nasceu a 8 de Abril de 1942 em Alcobaça - Portugal. Posição: Avançado. Avançado subtil, elegante e muito inteligente, com grande sentido de oportunidade e frieza na hora do remate, foi um dos maiores goleadores do seu tempo. Oriundo do Alcobaça foi na Académica que deu nas vistas, acabando por se transferir para o Sporting em 1964, onde permaneceu oito épocas, realizando 232 jogos oficiais ao serviço da equipa principal do Clube, marcando 150 golos e conquistando dois Campeonatos Nacionais e uma Taça de Portugal. No Sporting agarrou logo um lugar no onze formando uma dupla de avançados demolidora com Figueiredo e sendo várias vezes o melhor goleador da equipa. Com 18 golos marcados tornou-se no melhor marcador de sempre do Sporting nas competições europeias, até ser igualado por Manuel Fernandes e mais tarde superado por Liedson, que no entanto fizeram mais jogos do que ele. Teve a sua tarde de glória no Estádio da Luz, a 17 de Outubro de 1965, quando marcou os quatro golos com que o Sporting derrotou nesse dia o Benfica por 4-2, em jogo a contar para o campeonato. Encerrou a sua carreira no Sporting em 1972, com o amargo de nunca ter jogado na Selecção principal, depois de ter sido internacional nas categorias de Juniores, Esperanças e BB, e apesar de ter sido um dos seleccionados para a campanha do Mundial de 1966, uma injustiça atendendo às suas qualidades de grande goleador. Texto: http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Jo%C3%A3o_Louren%C3%A7o Edição de Vídeo: http://www.sporting.footballhome.net Música: "Flight Hymn" de Ross Bugden (Free Music) Imagem: RTP (Rádio Televisão Portuguesa)
Date: 2016-04-07 23:39:09 - Added by: admin
Views: 1774 - Votes: 0 - Rating: 0
 
Jesus Correia - Sporting CP
Jesus Correia nasceu a 03 de Abril de 1924 em Paço de Arcos - Portugal. Posição: Extremo direito. Foi um atleta de eleição praticando ao mais alto nível e em simultâneo Futebol e Hóquei em Patins, ao ponto de jogar em ambas modalidades pela respetiva Seleção Nacional. No Hóquei jogou no Paço de Arcos, onde foi várias Campeão Nacional, somando inúmeras internacionalizações e conquistando 5 títulos de Campeão Europeu e Mundial. No Futebol foi o extremo-direito da célebre linha avançada que ficou conhecida como os Cinco Violinos, conquistando sete Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e dois Campeonatos de Lisboa ao serviço do Sporting, onde jogou durante nove anos entre 1943 e 1952, realizando mais de trezentos jogos, 208 dos quais oficiais, com 159 golos marcados, entre os cerca de 250 que totalizou, números verdadeiramente colossais, que revelam o seu enorme poder de finalização, que aliado à sua impressionante velocidade e a uma excelente capacidade técnica, para além de uma grande generosidade e entrega ao jogo, fizeram dele um dos mais brilhantes e completos jogadores da história do futebol português. Nasceu em Paço de Arcos e foi na Associação Académica, um clube local, que começou a jogar Futebol aos 13 anos de idade, mas como gostava do Belenenses foi tentar sua sorte às Salésias. No entanto na altura ainda só tinha 15 anos e não podia jogar oficialmente, pelo que Augusto Silva, que curiosamente era o seu ídolo, lhe disse para voltar dali a um ano. Entretanto o Hóquei em Patins apareceu na sua vida. Experimentou, gostou e começou a jogar no Paço de Arcos Hockey Club, uma coletividade criada em 1937, onde rapidamente se tornou na grande figura de uma equipa que teve uma ascensão muito rápida, de tal forma que em 1942 ganhou o Campeonato Nacional. Mas Jesus Correia nunca esqueceu o Futebol, modalidade que voltou a praticar noutra coletividade de Paço de Arcos, o Sports Club, coisa que não agradou ao Hockey Club, que o fez assinar um documento onde se comprometia a jogar apenas o Hóquei em Patins. Na altura Joseph Szabo morava perto de Paço de Arcos e consta que foi ele que o descobriu no ringue do Hockey Club, apontando-o logo como o "atleta ideal". Pouco tempo depois já o tinha sob o seu comando, apesar do Estoril se ter metido na corrida, mas a intervenção do seu chefe no Grémio dos Armazenistas de Mercearia onde trabalhava, e que era dirigente do Sporting, desviou-o para os Leões. Foi preciso realizar uma Assembleia Geral no Paço de Arcos Hockey Club para que o autorizassem a praticar as duas modalidades, porque o dinheiro do Futebol falava mais alto e Hockey Club não queria perder o seu melhor jogador. Daí para a frente passou a vida a saltitar de uma modalidade para a outra, no fim de semana jogava Futebol pelo Sporting, durante a semana disputava os campeonatos de Hóquei pelo Paço de Arcos, o pior era quando tinha de optar por uma Seleção ou por outra e aí foi o Futebol que ficou a perder, ou quando ia ao estrangeiro no Hóquei e assim falhava jogos do Sporting, mesmo que às vezes regressasse à pressa de avião, separado do resto da comitiva. Recebeu 12 contos para assinar o contrato e logo na sua primeira época foi Campeão, mas só um ano depois é que se afirmou definitivamente na equipa principal, ocupando o lugar de Adolfo Mourão, outro jogador histórico do Sporting, passando então a jogar como extremo direito, ele que sempre tinha sido avançado centro, posição onde voltou a atuar várias vezes, sempre que era preciso, principalmente depois do abandono de Peyroteo. Viveu a sua primeira tarde de glória na Final da Taça de Portugal de 1945, quando marcou o golo com que o Sporting derrotou o Olhanense, a poucos minutos do fim de uma partida onde jogou com algum sacrifício, depois de intensos tratamentos a uma lesão de que padecia na altura. Também era conhecido como o “Necas” e teve outra tarde de glória quando em Madrid marcou seis golos ao Atlético local, com os quais o Sporting ganhou esse jogo por 6-3, numa altura em que já era presença assídua na Seleção Nacional de Futebol, onde jogou 13 vezes marcando 3 golos. Abandonou o Futebol em 1952 quando tinha apenas 28 anos e foi pressionado pelo Sporting a optar entre uma das suas modalidades de eleição, depois de no final da época de 1951/52 ter sido integrado na Seleção Nacional de Hóquei em Patins, falhando assim os jogos da Taça de Portugal e da Taça Latina. Optou pelo Hóquei, e pelo clube da terra que se comprometeu a ajudá-lo na compra do andar, deixando a nação leonina em estado de choque, pois ninguém acreditava que ele fosse capaz de tomar tal decisão. No entanto alegou que as exigências do Hóquei eram menores, e como já caminhava para os 30 anos ser-lhe-ia mais fácil manter o alto rendimento naquela modalidade. Ainda voltaria a jogar Futebol, quando na época de 1955/56 já com 31 anos de idade, representou a CUF. A sua ligação afetiva ao Sporting prolongou-se ao longo dos anos, tendo sido distinguido com o Prémio Stromp, na categoria "Saudade" em 1993 e com a Medalha de Ouro do Sporting, e participando regularmente nas festas do Núcleos espalhados por todo o País, onde foi sempre uma figura querida pela sua simpatia e comportamento irrepreensível. Faleceu a 30 de Novembro de 2003, quando era o último dos Cinco Violinos ainda com vida, pouco tempo antes tinha dado o pontapé de saída no jogo de inauguração do novo Estádio José Alvalade, integrado no Complexo Alvalade XXI, no dia em que se destacou Cristiano Ronaldo, curiosamente um jogador com algumas semelhanças com ele. Texto: http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=Jesus_Correia Edição de Vídeo: http://www.sporting.footballhome.net Música: "Timeless" e "The Art of Living" de Andrew Gerlicher (Free Music) Imagem: Cinemateca Portuguesa, RTP (Rádio Televisão Portuguesa), RTVE (Radiotelevisión Española), Luce (Archivio storico dell'Istituto Luce), ina.fr (Institut national de l’audiovisuel) e Youtube.
Date: 2016-04-03 20:10:36 - Added by: admin
Views: 2327 - Votes: 1 - Rating: 5
 
Lance da grave lesão de Fernando Mendes contra a Checoslováquia em 1965.
A grave lesão num joelho, contraída quando tinha apenas 27 anos, num lance com Kvasnak, acabou por condicionar a restante carreira de Fernando Mendes, enquanto jogador.
Date: 2016-04-03 20:09:09 - Added by: admin
Views: 1350 - Votes: 0 - Rating: 0
 
[ 1 ] - [ 2 ] - [ 3 ] - [ 4 ] - [ 5 ] - [ 6 ] - [ 7 ] - [ 8 ] - [ 9 ] - [ 10 ] - [ 11 ] - [ 12 ] - [ 13 ] - [ 14 ] - [ 15 ] - [ 16 ] - [ 17 ] - [ 18 ] - [ 19 ] - [ 20 ] - [ 21 ] - [ 22 ] - [ 23 ] - [ 24 ] - [ 25 ] - [ 26 ] - [ 27 ] - [ 28 ] - [ 29 ] - [ 30 ] - [ 31 ] - [ 32 ] - [ 33 ] - [ 34 ] - [ 35 ] - [ 36 ] - [ 37 ] - [ 38 ] - [ 39 ] - [ 40 ] - [ 41 ] - [ 42 ] - [ 43 ] - [ 44 ] - [ 45 ] - [ 46 ] - [ 47 ] - [ 48 ] - [ 49 ] - [ 50 ] - [ 51 ] - [ 52 ] - [ 53 ] - [ 54 ] - [ 55 ] - [ 56 ] - [ 57 ] - [ 58 ] - [ 59 ] - [ 60 ] - [ 61 ] - [ 62 ] - [ 63 ] - [ 64 ] - [ 65 ] - [ 66 ] - [ 67 ] - [ 68 ] - [ 69 ] - [ 70 ] - [ 71 ] - [ 72 ] - [ 73 ] - [ 74 ] - [ 75 ] - [ 76 ] - [ 77 ] - [ 78 ] - [ 79 ] - [ 80 ] - [ 81 ] - [ 82 ] - [ 83 ] - [ 84 ] - [ 85 ] - [ 86 ] - [ 87 ] - [ 88 ] - [ 89 ] - [ 90 ] - [ 91 ] - [ 92 ] - [ 93 ] - [ 94 ] - [ 95 ] - [ 96 ] - [ 97 ] - [ 98 ] - [ 99 ] - [ 100 ] - [ 101 ] - [ 102 ] - [ 103 ] - [ 104 ] - [ 105 ] - [ 106 ] - [ 107 ] - [ 108 ] - [ 109 ] - [ 110 ] - [ 111 ] - [ 112 ] - [ 113 ] - [ 114 ] - [ 115 ] - [ 116 ] - [ 117 ] - [ 118 ] - [ 119 ] - [ 120 ] - [ 121 ] - [ 122 ] - [ 123 ] - [ 124 ] - [ 125 ] - [ 126 ] - [ 127 ] - [ 128 ] - [ 129 ] - [ 130 ] - [ 131 ] - [ 132 ] - [ 133 ] - [ 134 ] - [ 135 ] - [ 136 ] - [ 137 ] - [ 138 ] - [ 139 ] - [ 140 ] - [ 141 ] - [ 142 ] - [ 143 ] - [ 144 ] - [ 145 ] - [ 146 ] - [ 147 ] - [ 148 ] - [ 149 ] - [ 150 ] - [ 151 ] - [ 152 ] - [ 153 ] - [ 154 ] - [ 155 ] - [ 156 ] - [ 157 ] - [ 158 ] - [ 159 ] - [ 160 ] - [ 161 ] - [ 162 ] - [ 163 ] - [ 164 ] - [ 165 ] - [ 166 ] - [ 167 ] - [ 168 ] - [ 169 ] - [ 170 ] - [ 171 ] - [ 172 ] - [ 173 ] - [ 174 ] - [ 175 ] - [ 176 ] - [ 177 ] - [ 178 ] - [ 179 ] - [ 180 ] - [ 181 ] - [ 182 ] - [ 183 ] - [ 184 ] - [ 185 ] - [ 186 ] - [ 187 ] - [ 188 ] - [ 189 ] - [ 190 ] - [ 191 ] - [ 192 ] - [ 193 ] - [ 194 ] - [ 195 ] - [ 196 ] - [ 197 ] - [ 198 ] - [ 199 ] - [ 200 ] - [ 201 ] - [ 202 ] - [ 203 ] - [ 204 ] - [ 205 ] - [ 206 ] - [ 207 ] - [ 208 ] - [ 209 ] - [ 210 ] - [ 211 ] - [ 212 ] - [ 213 ] - [ 214 ] - [ 215 ] - [ 216 ] - [ 217 ] - [ 218 ] - [ 219 ] - [ 220 ] - [ 221 ] - [ 222 ] - [ 223 ] - [ 224 ] - [ 225 ] - [ 226 ] - [ 227 ] - [ 228 ] - [ 229 ] - [ 230 ] - [ 231 ] - [ 232 ] - [ 233 ] - [ 234 ] - [ 235 ] - [ 236 ] - [ 237 ] - [ 238 ] - [ 239 ] - [ 240 ] - [ 241 ] - [ 242 ] - [ 243 ] - [ 244 ] - [ 245 ] - [ 246 ] - [ 247 ] - [ 248 ] - [ 249 ] - [ 250 ] - [ 251 ] - [ 252 ] - [ 253 ] - [ 254 ] - [ 255 ] - [ 256 ] - [ 257 ] - [ 258 ] - [ 259 ] - [ 260 ] - [ 261 ] - [ 262 ] - [ 263 ] - [ 264 ] - [ 265 ] - [ 266 ] - [ 267 ] - [ 268 ] - [ 269 ] - [ 270 ] - [ 271 ] - [ 272 ] - [ 273 ] - [ 274 ] - [ 275 ] - [ 276 ] - [ 277 ] - [ 278 ] - [ 279 ] - [ 280 ] - [ 281 ] - [ 282 ] - [ 283 ] - [ 284 ] - [ 285 ] - [ 286 ] - [ 287 ] - [ 288 ] - [ 289 ] - [ 290 ] - [ 291 ] - [ 292 ] - [ 293 ] - [ 294 ] - [ 295 ] - [ 296 ] - [ 297 ] - [ 298 ] - [ 299 ] - [ 300 ] - [ 301 ] - [ 302 ] - [ 303 ] - [ 304 ] - [ 305 ] - [ 306 ] - [ 307 ] - [ 308 ] - [ 309 ] - [ 310 ] - [ 311 ] - [ 312 ] - [ 313 ] - [ 314 ] - [ 315 ] - [ 316 ] - [ 317 ] - [ 318 ] - [ 319 ] - [ 320 ] - [ 321 ] - [ 322 ] - [ 323 ] - [ 324 ] - [ 325 ] - [ 326 ] - [ 327 ] - [ 328 ] - [ 329 ] - [ 330 ] - [ 331 ] - [ 332 ] - [ 333 ] - [ 334 ] - [ 335 ] - [ 336 ] - [ 337 ] - [ 338 ] - [ 339 ] - [ 340 ] - [ 341 ] - [ 342 ]

Escolher Campeonato

RSS Vídeos

rss_videos Vídeos
header_wikisporting